Browsing All posts tagged under »estudo«

De cada seis casos de gagueira, um tem causa metabólica

julho 4, 2015

6

Um estudo epidemiológico de escala mundial publicado no início deste mês no site da revista European Journal of Human Genetics, pertencente ao grupo Nature, esclareceu uma dúvida que já durava cinco anos: afinal, qual é o percentual da população de pessoas com gagueira que carrega mutações nos genes GNPTAB, GNPTG e NAGPA?

Passarinho australiano lança luz sobre biologia da gagueira

outubro 14, 2014

2

Passarinhos que gaguejam. Estudo com o pássaro mandarim-diamante, um frutífero modelo animal para a gagueira humana, associa causa do distúrbio a reparo neuronal incompleto em região específica dos núcleos da base do cérebro.

Discovery reconstitui estudo sobre gagueira em órfãos

setembro 25, 2013

1

Wendell Johnson queria provar a qualquer custo sua equivocada teoria de que os pais causam a gagueira nos filhos. Porém, além de fracassar em seu intuito, o estudo que ele concebeu entrou para a história como uma das pesquisas mais antiéticas da história da ciência.

A área do cérebro responsável pela remissão da gagueira

agosto 7, 2013

1

Em agosto de 2009, quatro anos atrás, a revista científica Brain publicava um dos melhores estudos já feitos sobre gagueira. Usando ressonância por difusão de alta resolução e ressonância magnética funcional, os pesquisadores descobriram qual a área do cérebro responsável pela remissão da gagueira.

Cientistas determinam estrutura 3D de enzima ligada à gagueira

junho 4, 2013

0

Cientistas da Universidade de Stanford (EUA) conseguiram determinar a estrutura 3D da parte quimicamente ativa de uma enzima envolvida na gagueira persistente do desenvolvimento. Trata-se da enzima UCE (abreviatura de uncovering enzyme, ou “enzima de descobertura”), codificada pelo gene NAGPA. Saiba mais...

Texto sobre gagueira escrito por Suzana Herculano Houzel

maio 31, 2013

0

Neste artigo de divulgação científica, escrito ainda no final da década de 90, Suzana Herculano-Houzel comenta os resultados de um estudo pioneiro sobre gagueira publicado na revista Nature em julho de 1996. Sob coordenação do neurorradiologista Peter T. Fox, o estudo deu início a uma nova era na compreensão científica do distúrbio, ao utilizar ferramentas modernas de neuroimagem funcional para investigar sua base neurobiológica.

Pesquisa genética revela face desconhecida da gagueira

outubro 16, 2012

5

Avanços na pesquisa genética estão revelando uma face totalmente desconhecida da gagueira. Discretas mutações em três genes que regulam um processo celular básico (GNPTAB, GNPTG e NAGPA) estão por trás de mais de 3 milhões de casos de gagueira em todo o mundo. Antes de essa descoberta vir à tona, nunca uma falha metabólica hereditária havia sido imaginada como possível causa do distúrbio.

Seis textos essenciais para entender a gagueira

junho 30, 2011

7

A gagueira possui base física ou não passa de um problema psicológico? Existe algum gene na espécie humana cujo único efeito conhecido seja a gagueira? A gagueira pode surgir a partir de uma desordem metabólica? O cérebro das pessoas que gaguejam possui alguma diferença que ajude a explicar a origem da gagueira? Crianças podem adquirir gagueira persistente ao serem rotuladas de gagas? Existe ou não existe gagueira entre índios? Saiba a resposta destas e de outras questões nos textos a seguir.

Alunos com gagueira são prejudicados nas escolas

abril 27, 2011

3

A gagueira é um dos distúrbios da fala mais comuns e afeta 5 em cada 100 crianças. Mas apesar da prevalência significativa, pesquisas realizadas pelo Centro Michael Palin para Crianças com Gagueira, na Grã-Bretanha, mostraram que muitos professores não recebem informações corretas sobre gagueira.

Como nasceu o mito de que índio não tem gagueira?

maio 8, 2010

1

Texto muito esclarecedor sobre as pesquisas pouco cuidadosas que mistificaram o estudo da gagueira e levaram sua origem a ser equivocadamente atribuída a razões socioculturais.

Os genes da gagueira: entrevista com Dr. Dennis Drayna

maio 2, 2010

0

Dennis Drayna, pesquisador chefe do estudo do NIH que revelou os primeiros genes associados à gagueira, explica a importância da descoberta para o desenvolvimento de formas mais eficazes de tratamento do distúrbio, para a eliminação de mitos e crenças infundadas a respeito de sua origem, bem como para o entendimento dos ainda misteriosos mecanismos envolvidos na produção de fala e linguagem no cérebro humano.

Baixo peso neonatal é um fator de risco para gagueira

abril 18, 2010

2

The primary goal of this study was to assess the association between the full birth weight distribution and prevalence of specific developmental disabilities and related measures… [Leia mais…]