Discovery reconstitui estudo sobre gagueira em órfãos

Posted on setembro 25, 2013

1


Estudo que tentou induzir gagueira em órfãos ganha reconstituição em documentário exibido na TV

Cenas da reconstituição do “Estudo Monstro” feita pela série Dark Matters. O episódio contou com a participação do fonoaudiólogo Phil Schneider, do psicólogo Michael Britt e da geneticista Paula Cohen.

Em um dos episódios de sua segunda temporada, a série Dark Matters do canal Discovery, conhecida no Brasil como “Mistérios”, tratou do famigerado “Estudo Monstro”, uma tentativa frustrada de provar a antiga teoria segundo a qual os pais, por meio da recriminação e rotulação da fala da criança, seriam responsáveis pelo surgimento da gagueira nos filhos.

A teoria não sobreviveu ao teste da realidade e sua comprovação fracassou (veja aqui) — rotulação e recriminação não foram suficientes para induzir gagueira persistente em nenhuma das crianças. Na análise dos resultados, houve um único efeito consistente do experimento, e ele não estava relacionado à fluência da fala das crianças, mas ao seu comportamento: de modo previsível, todas começaram a agir de forma defensiva.

Veja abaixo a reconstituição feita pelo canal Discovery, com legendas ocultas em português:

Posts relacionados:
O “Estudo Monstro” e o grande erro de Wendell Johnson
Relato de caso pioneiro escrito por um pediatra em 1981
Síndrome de Landau-Kleffner começando como gagueira
Alunos com gagueira são prejudicados nas escolas
Aluno com gagueira é alvo da intolerância de professora
“The Kid’s Speech”, Documentário da BBC – primeira parte
Pesquisa genética revela face desconhecida da gagueira
Seis textos essenciais para entender a gagueira
Documentário: “O Verdadeiro Discurso do Rei”
Matéria na Folha de S. Paulo: “A gagueira na real”
Gagos são alvo de falsas promessas de cura
Como nasceu o mito de que índio não tem gagueira?
Estudo do NIH descobre os primeiros genes da gagueira